15
mar
09

John Updike (1932-2009)

johnupdikeJohn Updike, um dos maiores escritores dos EUA, foi autor de mais de 50 livros, que frequentavam as listas de best seller de todo o mundo.

O romancista morreu dia 27 de janeiro de 1009 aos 76 anos, de um câncer no pulmão, segundo informou sua editora, a Alfred A.Knopf. O escritor, que nasceu na Pensilvânia, em 1932, morava em Beverly Farms, Massachusetts.

“É com grande tristeza que comunico que John Updike morreu esta semana, após uma longa batalha contra um câncer de pulmão. Foi um dos melhores escritores e será profundamente lamentado”, disse Nicholas Latimer da editora Alfred A.Knopf.

Updike aparecia frequentemente nas listas de best sellers de todo o mundo, escrevendo romances, contos, poemas, críticas e até ensaios sobre beisebol. Publicou mais de 50 livros, em uma carreira que começou nos anos de 1950. Updike ganhou dois prêmios Pulitzer e dois National Book Awards, os mais prestigiosos da literatura de língua inglesa.

Seu projeto mais ambicioso foi a tetralogia sobre a vida de Harry Angstrom, o Coelho, publicada no Brasil pela editora Companhia das Letras: Coelho Corre, lançado em 1960, Coelho em Crise (1971), Coelho Cresce (1981) e Coelho Cai (1990). Por meio da vida de um homem comum, o escritor traça nesta obra um panorama de décadas da vida norte-americana.

O romance As Bruxas de Eastwick, que foi adaptado para o cinema por George Miller, em 1987, é outra obra do escritor famosa em todo o mundo. A vida de três mulheres aprendizes de feiticeiras, nas telas vividas por Cher, Susan Sarandon e Michelle Pfeiffer, que vivem na pacata cidade de Eastwick, na Nova Inglaterra, muda por completo com a chegada de um misterioso forasteiro rico e poderoso interpretado por Jack Nicholson.

O Brasil foi tema de um de seus romances, Brazil, publicado em 1994, inspirado na história de Tristão e Isolda, mas ambientado no país dos anos de 1960 e 1970.

Updike estudou literatura em Harvard e colaborou longamente da importante revista New Yorker, da qual fez parte da equipe nos anos 50 e para a qual colaborava até recentemente.

O subúrbio americano foi por excelência o ambiente literário de Updike, nascido em plena Depressão. Território do sonho americano – como também do pesadelo, considerando os filmes de David Lynch e os próprios livros de Updike –, o subúrbio virou uma espécie de projeção mental do escritor que, vítima de psoríase, tinha vergonha da doença e resolveu deixar Nova York em 1957, em plena ebulição artística (expressionismo abstrato) e literária (movimento beat). Upidke refugiou-se com a primeira mulher e quatro filhos em Ipswich, pequena cidade ao norte de Boston.

Os próximos livros do escritor a serem publicados no Brasil serão a edição em formato de bolso de seu romance mais famoso, As Bruxas de Eastwick, em 2010, e da sequencia dele, As Viúvas de Eastwick, para 2011.

275-9 9780241144282


0 Responses to “John Updike (1932-2009)”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: